18 maio 2006

Os Pacifistas

Diante do pânico incutido pela escalada do crime, muitos correm para o refúgio do pacifismo. A decisão de enfrentar a violência de forma dura traz consigo riscos imediatos, e perdas no curto prazo são inevitáveis. Contemporizar com os criminosos garante um interregno de paz, passando a falsa sensação de solução dos problemas. No entanto, a complacência hoje é paga com a angústia de amanhã e com o sangue mais tarde. Com certos criminosos, não há diálogo possível.

Um comentário:

christian disse...

Pois é.

Gandhi foi morto a tiros. Na Índia.

Imagino como teria sido se ele tivesse vivido no Brasil.