31 março 2007

Paixão pela farda

Quando eu era "militante estudantil" do PT, eu andei freqüentando reuniões da finada "Convergência Socialista", então tendência trotskista do PT e embrião do heróico PSTU. As reuniões das "células" da tendência seguiam um ritual padrão. Eu não lembro de tudo o que acontecia, mas eu sei que havia sempre um item de pauta chamado "conjuntura" ou "discussão sobre a conjuntura". E durante as discussões sobre a conjuntura os fiéis da seita quase sempre a classificavam como "pré-revolucionária" ou "eminentemente revolucionária". Os padeiros de Cochabamba entraram em greve? Estamos vivendo uma conjuntura pré-revolucionária na América Latina, precisamos estar preparados! Detalhe: isso acontecia na mesma época em que a União Soviética se esfarelava e a população de quase todos os países (ex)comunistas derrubava as estátuas de Lenin e Marx.

Crivella fala bobagem

Nada há em comum entre o amor altruísta, fruto da iniciativa pessoal de alguém que se relaciona com o Deus vivo, e uma ideologia de ódio ateísta por princípio, que evoca a luta de classes para centralizar o poder político e econômico nas mãos de supostos intelectuais que consideram o Cristianismo o maior obstáculo para a Revolução Comunista. Leia mais aqui.

30 março 2007

Que Vergonha!

A governadora Ana Júlia (PT), do Pará, assinou recentemente decreto que proíbe a comercialização e a movimentação interestadual do pescado in natura, fresco e resfriado, entre os dias 19 de março e 06 de abril, com o objetivo de “minimizar os problemas de abastecimento do pescado no período que antecede a Semana Santa e garantir o peixe na mesa dos paraenses no período.”
É com manifesto pesar que comunico a todos os outros brasileiros a vergonha que tenho no momento, pelo equívoco que nossas autoridades cometem em nome de um populismo anti-brasileiro, anti-comercial, intervencionista e sobretudo, anti-cristão, e diga-se ainda: Não em meu nome!

Sem solidez nos argumentos para o Dia Internacional da Água

...
O problema mundial da água não se deve a nenhum escasseamento absoluto, como se fôssemos condenados por nossa civilização urbano-industrial (uma premissa religiosa e obscurantista), mas sim devido a falta de infra-estrutura em países como o Brasil onde a má administração responde por cerca de 50% dos municípios sem saneamento básico.

29 março 2007

O Caso Marcela e Coisas como o Cinto de Segurança

Quando o Estado começa a reivindicar o direito de regular a minha vida a pretexto de salvá-la, ou mais precisamente, de reduzir seus custos, então ele também pode me proibir de ingerir determinada alimentação ou pode me proibir de fumar, e coisas parecidas. Quando este nível de intervenção já estiver pacificado entre os cidadãos, será o momento de avançar mais, até o momento de decidir quem pode ou não viver...

Três definições e três notas sobre o racismo

A recente afirmação da ministra Matilde Ribeiro, titular da Secretaria Especial de Política da Promoção da Igualdade Racial, deu ensejo a essas considerações sobre o racismo, acompanhadas de uma ENQUETE: vote na melhor definição de racismo!
Boa leitura!
Norma Braga

27 março 2007

E a esquerda...nada diz II.

Estou escrevendo esse post para fazer alguns comentários sobre as contradições que os esquerdistas dizem pelo mundo afora.

24 março 2007

Moral & Escola Austríaca com o Professor José Manuel Moreira

Esta semana tive o imenso prazer de conhecer (e jantar) com o professor José Manuel Moreira, aqui pertinho da cidade do Porto onde eu estou morando. Ele é um homem de grande sabedoria e já lançou diversos livros aqui em Portugal. É um grande conhecedor da Escola Austríaca e um estudioso da dependência entre o plano econômico (o mercado, as pessoas) e o sistema moral (a confiança).

A UFPE e o infanticida Peter Singer

Um artigo do Ronaldo Azevedo sobre uma prova absurda de ingresso à faculdade de filosofia da UFPA - em que Bush é "mau" e o infanticida Peter Singer é "bom" - inspirou-me a escrever um comentário dizendo que a "filosofia engajada" que a universidade prega só deveria estar engajada no que não presta. Postei o comentário em meu blog.
Um leitor veio reclamar do meu comentário e defender não só a universidade, mas Peter Singer, fazendo apelo a suas credenciais mas sem tocar no assunto do infanticídio. Curioso. Isso me animou a pesquisar o caso na internet.
Causou-me espécie saber que a maioria das entrevistas publicadas sobre ele no Brasil o louvam como filósofo, pesquisador "polêmico" e bom argumentador. A parte mais controversa de sua filosofia se baseia na defesa do aborto, da eutanásia e do infanticídio como aliviadores de sofrimento: se, diante de uma deficiência grave, a perspectiva da dor for intensa, melhor acabar com a vida, é sua conclusão. Ninguém percebeu, no entanto, que um pequeno detalhe atesta a incapacidade moderna de se contrapor a experiência ao discurso, ou de aplicar-se a lógica à vivência pessoal. Que detalhe? Este: HÁ DEFICIENTES FELIZES. Esse simples dado da observação destrói toda a base do impulso homicida singeriano.
Tem mais! Em
http://normabraga.blogspot.com
Boa leitura!

23 março 2007

Esmola Estudantil

Se você é pobre ou se não é pobre e burla as leis, você tem direito a uma mesada do Estado brasileiro pelo chamado Bolsa Família. Mas, agora, se você é um "estudante" (no sentido brasileiro do termo, ou seja: nada a ver com um estudante coreano, alemão ou sueco), então você também tem direito a mamar nas generosas tetas do Estado. (Confiram, logo acima desse artigo em meu blog, o breve comentário entitulado "Votem nele, meus queridos alunos!")

22 março 2007

Estréia neste blog

Agradeço o convite inicial para vir a este blog. Espero colaborar para a reflexão de alguns temas. Para começar, algo que atinge a vida de todos os brasileiros (ou da tal "elite" que usa o transporte aéreo, segundo algumas autoridades).

Caos aéreo: uma proposta modesta

Há algo de interessante em ficar no aeroporto por muito tempo. Você pode observar quem compõe a tal "elite" dos aeroportos. Temos desde políticos de esquerda, líderes sindicais, estudantes, artistas, o padeiro da esquina até seu vizinho médico. Parece-me uma "elite" bem abrangente, não? Todos sofrem com o atraso dos vôos que, desde o acidente do Legacy-Gol, tornou-se subitamente freqüente no Brasil.

Alguns afirmam que há uma "operação padrão" e uma comissão foi criada para verificar o fato, embora tenha sido declarado que o objetivo não seria o de procurar culpados (o que deixa qualquer um perplexo sobre os objetivos de se gastar dinheiro público com investigações). Outros dizem que tudo melhoraria se o controle aéreo mudar de militar para o civil, mas não explicam como isto resolveria o problema do tal "radar" ou do "cindacta-1". Seria um homem sem uniforme melhor para operar um radar do que um militar? Até onde sabemos, a vestimenta não influi no grau de (in)competência de quem faz o serviço.

Em meio ao tumulto do aeroporto, há invariavelmente dois tipos de opiniões: uns acham que a culpa é da companhia e, outros, que a culpa é do governo. É difícil cobrar das companhias uma perfeição de procedimentos se não possuem informações dos tais controladores. Por outro lado, falhas de administração que se observam são, no mínimo, motivos para levar os funcionários de volta às aulas de pesquisa operacional. De quem é a culpa? Aparentemente, o que se sabe é que a mesma não é dos consumidores. O que fazer?

Aí vai uma sugestão simples: incentivos econômicos. Crie-se uma multa, na forma de devolução de parte do valor da passagem. Não é uma idéia nova, mas talvez o que não tenha sido pensado é sobre quem deve arcar com o ônus da multa. Em minha proposta modesta, o valor do ressarcimento seria dividido entre a ANAC e a companhia aérea. Seria uma média ponderada na qual os pesos seriam definidos pela responsabilidade de cada um. Como medir isto? Há várias formas. Uma opção seria fazer uma pesquisa com os passageiros de cada vôo nos quais haveria uma cédula simples: a culpa é: a) da ANAC, b) da companhia. Votos em branco contariam contra ambos. Um acordo com as companhias de telefonia celular tornaria esta votação barata e de apuração imediata (um placar no aeroporto tornaria pública a divisão do valor da multa, sem necessidade da possível corrupção de se criar outro órgão para fiscalizar a pesquisa...).

Como seriam pagas as contas? No caso da companhia, obviamente, os recursos sairiam da empresa em forma de retorno monetário para os passageiros: um DOC é muito fácil de ser feito hoje. No caso da ANAC, os recursos sairiam de seu orçamento (ou, para facilitar a vida dos burocratas, poderiam ser abatimentos no imposto de renda das pessoas, obviamente com a mesma correção aplicada às parcelas devidas do imposto). Em outras palavras, ambos seriam punidos pelo custo que impõem aos consumidores que compram suas passagens e não descumprem o contrato pagando-as e chegando no aeroporto no horário.

Justiça social é isto: cada um arca com os custos de suas ações e é recompensando por elas. No caso de falhas, a recompensa é negativa. Nada mais justo.

Claudio Shikida

Ateu não existe

Mesmo arautos do ateísmo como Marx, Sartre e Bertrand Russel foram teístas confessos em alguma fase de suas vidas. Alguns deles, ao assumirem-se como ateus, falaram desse posicionamento como algo terrível, duro, cruel. Talvez por ter de se deparar a todo instante com aquilo que negavam. Não sei, nunca fui ateu. Leia mais aqui.

20 março 2007

Arte e Poder

Caio Mecenas foi um grande patrono das letras. Conselheiro de Otávio Augusto, usou a fortuna da família para financiar um círculo literário que incluía nomes como Horácio e Virgilio. Sua fama se deve ao altruísmo e aos frutos que ele gerou. O mecenato de poderosos, contudo, é mais antigo e sempre teve a autopromoção, ou a promoção de algo, como verdadeiro fim. Com o passar dos anos, épicos, pinturas, esculturas e maravilhas arquitetônicas foram parcialmente substituídos pelo nada eterno marketing, e gênios como Duda Mendonça, capaz de atingir metas que desanimariam São Judas Tadeu, fazem as vezes de artistas como o já citado Virgílio, que, além de aproveitar a generosidade de Caio Mecenas, aceitou a encomenda de Otávio Augusto para escrever a Eneida, um épico tão artificial quanto Os Lusíadas, em cujas páginas o poeta latino inventa uma origem troiana para os romanos, além de criar uma correspondência entre Enéas e Augusto. Leia mais...

Primavera Negra em Cuba

Há quatro anos, Fidel escandalizou o mundo prendendo 75 jornalistas pelo crime de opinião. Hoje quase ninguém mais fala neles, somente da saúde de seu carrasco, El Coma Andante. Para lembrar, foi criada um rede de bloggers sintonizados na TV Club Primavera Negra. Veja aqui: http://tvprimaveranegra.blogspot.com

AgitProp no CREMERJ

O que vocês estão vendo aí em cima são alguns exemplos de publicações do Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro (CREMERJ). Quase todas mostram a cara de Che Guevara em posição de destaque, sempre em companhia de uma foto de Salvador Allende. O Código de Ética Médica (imagem superior), obra mais importante editada pelo Conselho, vem com o maior destaque dado ao criador do Paredón - metade da capa. Allende e Guevara também "enfeitam" o Código de Processo Ético-Profissional; o Manual de Publicidade de Assuntos Médicos; o Manual do Diretor Técnico; os livretos Bioética e Medicina, Rede Básica de Saúde: importância, trajetória e crise e Diretrizes Gerais para o Exercício da Medicina do Trabalho; o Livro de Resoluções Normativas e Pareceres e, last but not least, O Manual do Residente Médico.

18 março 2007

Revolução e Contra-Revolução ONLINE

Aos que se interessarem, convido a visitarem o site: http://www.revolucao-contrarevolucao.com Além do conteúdo do livro "Revolução e Contra-Revolução", escrito pelo professor Plínio Corrêa de Oliveira, o site disponibiliza estudos relativos à tese do livro.

17 março 2007

Calorosa gritaria

Esse início de 2007 ficará marcado na mídia brasileira por dois acontecimentos. O primeiro é a gritaria contra o apocalipse climático que, transformando a Terra Nova e a Groenlândia em ilhas tropicais, afundará o Monte Everest debaixo de 4 mil metros de água salgada. O segundo é a gritaria anti-EUA, anti-Bush e o slogan "Get out of Iraq".

O Desabafo do Collor Ajuda José Dirceu

Além de não ter sido interpelado por inimigos históricos, Collor foi elogiado pelos senadores presentes na casa? Há algo de muito podre no Reino da Dinamarca. E o cheiro vem de José Dirceu.

Fernando Collor de Mello discursou ontem no Senado Federal. Durante horas, expôs sua versão do fatídico episódio de seu impedimento em 1992. Falou, falou muito. Segurava seu discurso tremendo. E também chorou. Não conteve a emoção. O resumo da história é, Collor afirmou que durante seu processo de impeachment vários direitos assegurados ao réu pela constituição foram violados. Prazos estaparfúdios, muitas vezes ilegais, foram dados ao seu advogado de defesa. Mostrou, por A + B, que foi um processo político. Na Justiça, ele provou sua inocência. Portanto, algo como uma conspiração da elite política removeu o primeiro Presidente eleito após a abertura de sua cadeira.

Sabe qual é o pior de tudo isso? É tudo verdade. (Leia Mais)

16 março 2007

O Eucalipto e a Revolução

O jornalista Políbio Braga denuncia outra falácia pseudo científica dos radicais de esquerda do Brasil: Eucalipto "bebe" muita água.. "O MDA (ministério do movimento agrário) não está interessado em destruir o eucalipto, mas em destruir o capitalismo e a democracia. Qualquer palavra de ordem serve. É só encontrar ativistas de extrema esquerda, analfabetos funcionais e ressentidos pela frente."

powered by performancing firefox

Politeísmo e Monoteísmo

Um dos argumentos mais conhecidos dos ateus contra as religiões é o de que elas foram criadas pelo homem e não por uma centelha de revelação divina. Os homens, por sua atemporal necessidade de explicar suas origens – e seu futuro- , “inventaram” as religiões. O conceito de um Criador amoroso que criou o homem à sua imagem é reconfortante em face à dura realidade de que somos fruto do acaso. As religiões então nada mais são do que “muletas emocionais” para “fracos”. Este é o argumento ateísta, em resumo. Mas o assunto não está encerrado.... powered by performancing firefox

15 março 2007

Compreendendo o Pensamento Liberal

O que é necessário explicar, possivelmente aos leitores que, da arquibancada, prestigiam os argumentos das partes, é que os liberais entendem que a religião e a moral devem ser guardadas pela sociedade, e não pelo Estado.

Mensagem ao senador Romeu Tuma

Tomei conhecimento de que pode ser aprovado uma lei anti-homofobia, porém essa lei é institucional, uma vez que esse projeto fere a liberdade de religião e expressão.

Desiguais perante a lei

O artigo 5° da Constituição brasileira deve ser imediatamente suprimido ou ter sua redação alterada. A criação da super-receita, para falar só dela, contém um episódio do vai-e-vem legislativo-executivo provando que vivemos sob uma ditadura liberticida, sob o poder discricionário (no mau sentido do termo) dos burocratas, cujo única finalidade é sacar de quem trabalha, por aqueles que vivem de segunda mão (os supostos servidores públicos, que se servem do público). Democracia, é???

Nação Arco-Íris

Frederik Willem de Klerk, o homem que pôs fim ao apartheid e libertou Nelson Mandela, alerta: as ações afirmativas fizeram com que “um significativo número de não-negros, não só afrikaners, mas também de todos os brancos, mestiços, assim como indianos, sintam-se atualmente reduzidos a uma espécie de cidadãos de segunda classe".

14 março 2007

The Brazilian Sugarcane Ethanol Experience

por Marcus Renato S. Xavier (enviado por Margaret Tse) Veja esta interessante análise comprada sobre a produção de etanol nos EUA e Brasil (texto em inglês)

13 março 2007

Olavo e Newton - Parte I -

O artigo do filósofo Olavo de Carvalho: http://www.olavodecarvalho.org/semana/060615jb.html
60615jb.html é muito mal compreendido. Seus críticos, ou não entendem exatamente o que o texto quer dizer, ou desconhecem muito daquilo que é tomado como base para a tese defendida, pois suas reações são dominadas pela indignação diante dos ataques aos méritos de Newton e sua mecânica.

12 março 2007

Homescholling funciona!

Hoje, 12/03/2007, sua professora chamou-me à sua sala para me comunicar a decisão da coordenadoria da escola de transferi-la da 1ª para a 2ª série do ensino fundamental. Uma feliz surpresa para um pai que subiu as escadas com aquele certo ar de severidade e preocupação...

Entrevista interessante

Nessa semana que passou, o programa de David Letterman no canal GNT, fez uma entrevista com o pré-candidato a presidência pelo Partido Republicano, o senador John McCain.

Relatório sobre Mudança Climática divulgado pelo Instituto Fraser

Por Margareth Tse
Avaliação independente sobre o relatório elaborado pelo Painel Intergovernamental Sobre Mudança Climática (IPCC) refuta alegações alarmistas que foram publicadas no “Resumo aos elaboradores de políticas públicas”- Fevereiro de 2007

revistas e jornais do Brasil que sao dominados pelos petistas

Por Margareth Tse
As revistas e jornais nacionais estao dominadas pelos petistas! sem falar que as redes de televisão e rádio são concessõesdo governo significando que não podem criticar o governo, senão os esquerdistas tiram a concessão!

09 março 2007

Por que sou libertário

Sinto-me incapaz de seguir o ideal conservador ou liberal, ou qualquer outro ideal que requeira o Estado como protetor, organizador e fornecedor da justiça ou de qualquer outro bem ou serviço que se queira. Em poucas palavras, prefiro a ética libertária com suas naturais imperfeições à ética da agressão e do roubo oficializado. Leia mais...

Nenhuma supresa...

Nessa tarde eu estava em uma consulta no bairro Moinhos de Vento, em Porto Alegre. Fazia um calor danado, e logo pude voltar para casa para meu alívio térmico. Para minha surpresa, o edifício em frente estava cheio de pessoas conversando, com dois carros da polícia à frente além de outro da imprensa. O porteiro do edifício em que me encontrava a pouco me informara do assalto que ocorrera logo a frente. Saí a pé, do lado oposto da rua, em direção à parada de ônibus, e tive uma segunda surpresa: a rua estava bloqueada. Com o ouvido atento, percebi um rápido comentário de um segurança. Era a terceira surpresa: havia uma ameaça de bomba no edifício.

08 março 2007

Lançamento Oficial do Índice Internacional de Direitos de Propriedade 2007

Por Margareth Tse:
O Índice de Direitos de Propriedade 2007 - IIDP (International Property Rights Index - IPRI) é o primeiro estudo comparativo internacional que mede a importância dos direitos de propriedade tanto física como intelectual e sua proteção em direção ao bem-estar econômico. O Índice foi criado pelo Programa de Bolsas de Estudo Hernando de Soto da Property Rights Alliance (PRA), em Washington, DC, EUA, e distribuído em 38 organizações de 6 continentes incluindo o INSTITUTO LIBERDADE, no Brasil.

O INSTITUTO LIBERDADE DO RS anuncia a Coalizão da Sociedade Civil em Mudança Climática

Margareth Tse, Vice Presidente Executiva do Instituto Liberdade, anuncia a formação de uma coalizão de importantes centros de pesquisa de vários países para contestar o alarmismo em torno do aquecimento global.

07 março 2007

O País do Vu

A recente Lei Complementar nº 123, de 14 de dezembro de 2006, merece um troféu, o de ter inaugurado a “ILEGALIDADE LEGAL”, símbolo maior do que de pior os brasileiros selecionaram para constituir o mais medíocre Congresso que a República brasileira jamais teve.

O grande intrometido

Em discurso, hoje, 07/03/07, o presidente intrometeu-se em a fé religiosa, violando um preceito elementar da vida contemporânea. O Estado e a Fé não se intrometem. O causo é, óbvio, a questão dos preservativos. Lula acusou a Igreja de hipócrita. Ora, bolas, quem não aceita o disposto pela fé é livre para trocar de religião. Lula foi deselegante, pois deveria evitar de comentar o que diz respeito à esfera privada. Mas, sendo de um partido coletivista, para ele não há vida privada. Exceto, claro, na cobertura dele em São Bernardo do Campo.

06 março 2007

O silêncio de Cavalcanti e sua trupe

Robson Cavalcanti fica todo alarmadinho quando vê o atual governo liberando verbas milionárias para passeatas gays e defendendo com unhas e dentes a agenda GLBT. Mas não é capaz de assumir, que, sendo um cientista político que até deputado pelo PT já foi, sabendo que o partido sempre foi pró-gay, pró-aborto, pró-eutanásia e pró-FARC´s, tem parte nisso tudo. Leia mais aqui.

05 março 2007

Mito e perda de tempo

O liberticídio está à toda em Porto Alegre, embuçado sob os mitos da participação e da democracia, caros a políticos coletivistas, do velho ou do neo trabalhismo. A população é convidada a participar da revisão do Plano Diretor. Mas, de fato, está tudo já "arreglado" pela ditadura civil da classe política (eleitos e concursados). Afinal, ela levou, em enorme equipe, um ano inteiro estudando e preparando a revisão. E quer que, em 50 dias, toda a "cidade", como enchem a boca para dizer, opine. Jogo de cartas marcadas, típico de um governo comunista, como o de José Fogaça.

02 março 2007

Nova Havana

Quem ainda se espanta ao ler uma notícia como esta não entra numa repartição pública federal ou vai a Brasília há muito tempo - ou então não lê os blogs "de direita". Eu só fui a Brasília duas vezes (a última quinze anos atrás, quando ainda estava na faculdade). Talvez tenha sido por isso que, mesmo sendo um "blogueiro de direita" (o rótulo é deles...), eu tenha ficado meio chocado quando ouvi de uma conhecida, em uma festa infantil, o relato de sua peregrinação pelos órgãos públicos de Brasília para resolver umas pendengas relacionadas à sua empresa (ela é dona de clínica que atende pacientes do SUS). Conforme contou essa minha conhecida, ainda com um ar de surpresa (ela não sabia...), Brasília virou definitivamente, completamente, absolutamente, a República dos Companheiros. Em qualquer Ministério ou repartição pública que você vá, terá de lidar com os companheiros. Eles dominam tudo.