31 dezembro 2007

Post para descontrair: Promessas para 2008

Os internautas que visitam o blog "Sociedade Aberta", possuem conhecimento dos temas que são postados pela minha pessoa. Dessa vez decidi variar só um pouquinho, enfocando o humor. É por essas e outras que vou colocar algumas promessas no blog Sociedade Aberta.

24 dezembro 2007

Dando sinal de vida e de lucidez!

Por fim, hoje é véspera de Natal. Enquanto o mundo arranca os cabelos com uma catástrosfe climática que provavelmente não virá, enquanto o mundo fecha os olhos à tirania comunista latino-americana - além da tiranida globalista politicamente correta e do totalitarismo islamita -, enquanto o mundo continua a celebrar as supostas desgraças americanas, enquanto O Livro Negro continua amplamente ignorado como fato histórico, o Natal dá as caras e este blog dá sinal de vida.

23 dezembro 2007

Glorias ao Ocidente

Nós devemos agradecer por viver em um país ocidental como o Brasil, pois através dos valores do Ocidente, é que as sociedades tem oportunidade de se desenvolver por conta própria sem depender de ajuda estatal.

Brasil Sem Aborto

Fiquei muito feliz com isso. Muito feliz em descobri o movimento Brasil Sem Aborto, que luta contra o monstruoso projeto de lei do Governo Federal (sempre ele!) que visa descriminalizar o aborto no Brasil.

21 dezembro 2007

Que venha Godzilla!

Em Geopolitical Diary: Japan's Plans for Godzilla, Mothra and the Russian Bear evidencia a tomada de dianteira de Tokyo em seu sistema de defesa...

Homem do ano

Putin ser considerado 'homem do ano' não é bom nem mau sinal, é apenas sinal de que foi proeminente, tal como indicado pela revista Time. É este o critério de quem já chegou a conceder o crédito a Khomeini!
O presidente russo é jogador de primeira linha na geopolítica. Mas, em que pese sua tática de espalhar a cizânia incentivando separatismos e lançando dúvidas sobre acordos entre nações beligerantes, todos têm um limite (...)

20 dezembro 2007

Um Século de Hipocrisia - Vídeo

Artigo com imagens mostrando a hipocrisia do comunista Oscar Niemeyer, idolatrado pelos perfeitos idiotas latino-americanos por pregar o regime cubano enquanto desfruta do luxo capitalista.

Terra e dinheiro vs. Fundamentalismos

Os EUA estão intermediando um novo processo de paz entre judeus e palestinos, mas desta vez com a concessão de uma linha de crédito aos segundos. Trata-se de uma ação conjunta entre governo e setor privado americanos que corresponde a US$ 400 milhões ao desenvolvimento da sociedade palestina.
(...)

19 dezembro 2007

Mensagem de Natal

"Que pena, que dó! Refiro-me ao seu filhinho, naquele tempo também com a idade de quatro aninhos, a olhar todas as casas ao redor com as famílias reunidas, as comidas, com as roupas novas, as correrias das crianças, e com papai Noel..."
Para os comunistas é assim: a fantasia não deve pertencer às crianças, mas aos adultos!

“Vírus” do orkut

Se você tem orkut e abriu-o recentemente, muito provavelmente caiu no “vírus” do orkut. Vou tentar explicar como funciona e como se livrar, caso ainda você não tenha caído. Continue lendo.

Canto da sereia

O Brasil já é a 6ª maior economia do mundo. Mas, o que exatamente isto significa?

16 dezembro 2007

O nó no norte do Iraque

Manifestações turcas contra os curdos, especialmente contrárias ao partido trabalhista, o PKK têm sido cada vez mais freqüentes. Assim como os soldados israelenses seqüestrados pelo Hezbollah, o mesmo se deu com turcos pelas forças curdas. O nó geopolítico não é fácil de desatar, pois tanto curdos quanto turcos são aliados americanos e só a necessidade de evitar a conflagração de um conflito de maiores proporções explica porque os EUA apoiaram a recente ação turca em território norte do Iraque de maioria curda. É melhor permitir um ataque destes do que arcar com os custos de uma invasão por uma tradicional aliada da OTAN em território ocupado por forças americanas.

12 dezembro 2007

Islã versus bicicletas

Nas raras vezes em que viajei por países islâmicos, voltei ao Ocidente com vontade de imitar João Paulo II, que a cada país, ao sair do avião, beijava o solo em que pisava. Minhas observações sobre esses países – Egito, Argélia e Tunísia – são as observações superficiais de um turista, pois jamais consegui penetrar na intimidade daquelas sociedades. Esses países, eu os conheço mais de leitura do que de visita. Mas, pelo que se vê na rua, já se pode ter uma boa idéia da desgraça de ser mulher no Islã. Quando sento nos bares do Ocidente, seja em Paris ou São Paulo, seguidamente evoco aqueles países que ainda não saíram da Idade Média. Olho em torno a mim, vejo mulheres alegres e independentes, bebendo e comendo o que bem lhes apetece, pagando suas contas com seu dinheiro, rosto descoberto, coxas, seios e espáduas à mostra. É quando ergo uma prece silenciosa a este Ocidente, que tantas vezes xingamos intimamente, sem nos darmos conta do privilégio que gozamos. Fosse aquele boteco transferido a um país islâmico, cada uma daquelas mulheres estaria cometendo vários crimes ao mesmo tempo.

11 dezembro 2007

MAB em Tucuruí

Confiram esta excelente e instigante carta que recebi de um colega sobre os desmandos feitos por ongueiros na Amazônia, que tiveram suas orientações em passado recente. Um desses 'causos' que não perfilam nas lições de história que são divulgadas país afora...

09 dezembro 2007

Terá Bento lido a Bíblia?

O papa Bento XVI disse hoje, durante a tradicional homenagem à Nossa Senhora da Conceição na Praça da Espanha, em Roma, que "sem Deus ou contra Ele" não se pode "construir uma paz estável". É verdade. Vejamos algumas palavrinhas inspiradas por Deus que, segundo Bento, levam consigo a eternidade e valem para sempre. No Deuteronômio, lemos: "Se, a respeito de alguma das tuas cidades que o Senhor teu Deus te dá para ali habitares, ouvires dizer: uns homens, filhos de Belial, saindo do meio de ti, incitaram os moradores da sua cidade, dizendo: Vamos, e sirvamos a outros deuses! - deuses que nunca conheceste - então inquirirás e investigarás, perguntando com diligência; e se for verdade, se for certo que se fez tal abominação no meio de ti, certamente ferirás ao fio da espada os moradores daquela cidade, destruindo a ela e a tudo o que nela houver, até os animais". Ainda no Deuteronômio:

08 dezembro 2007

Onde está Wally?

Quem se lembra do Wally, personagem de uma série de livros ilustrados, onde o passatempo consistia em procurá-lo no meio da multidão de outras pessoas e objetos desenhados?
Pois eu me lembrei dele esses dias quando passou pela minha cabeça diversas figuras do cenário político brasileiro, mas ao invés de procurar "onde está o Wally?" eu tentei em vão achar "onde está a direita?".

07 dezembro 2007

Como nascem as religiões

Cargos cult é como se convencionou chamar certas práticas religiosas de movimentos proféticos e salvíficos nascidos do confronto espiritual entre os indígenas das ilhas melanésias e os colonos europeus. Segundo a Encyclopédie des Religions, de Gerhard J. Bellinger, este nome genérico provém de um desses movimentos originado nas ilhas Salomão, em 1931-1932. Segundo outros, tais cultos só teriam surgido quando a marinha americana começou a desmantelar as suas bases aeronavais no Pacífico Sul e o fluxo de mercadorias usado para manter os nativos satisfeitos foi cortado. O termo cargo (em inglês, mercadoria, carga) sublinha o fato de que esses movimentos são fortemente ligados à espera de um avião-milagre, de cargas e de expedição de mercadorias, que chegam às ilhas por via marítima ou aérea. Os cultos do cargo traduziriam a esperança que têm os indígenas de cor de ter acesso aos bens e à tecnologia dos estrangeiros brancos. A coisa parece ter funcionado mais ou menos assim: os nativos viam chegar alimentos, mercadorias, máquinas, objetos, mas jamais viam os colonizadores fabricando tais mercadorias ou objetos. Viam-nos apenas construindo aeroportos, erguendo postes, rabiscando papéis ou debruçados sobre caixas de metal de onde saem ruídos estranhos. Concluíram então que estes gestos eram rituais mágicos para a obtenção das cargas. E passaram a mimetizar as práticas dos brancos para também obtê-las.

05 dezembro 2007

Dois Em Um: Portugal e Venezuela

Duas idéias sem nenhuma conexão.

Não tenho mais tempo disponível para comentar diariamente o que acontece pelo mundo. Aliás, os milhares de um ou dois leitores do blog já devem ter notado.

O “Nadando” passou nos últimos tempos de repositório de idéias e percepções em primeira pessoa – uma espécie de Quake das idéias – a simples clipping de segunda mão com duas sentenças analíticas...

Mas tudo tinha um sentido...

Estando em uma terra estranha, com gente estranha, tu tens de pelo menos acostumar-se aos novos ares antes de pensar em comentar. Imagine o horror que devem ter sentido os europeus ao depararam-se com os hábitos canibais dos povos do Novo Mundo. Deveriam ter segurado suas críticas até entender seus hábitos. Multiculturalismo é isso aí. Entender os hábitos de costumes dos povos nos seus próprios termos.

Um deus à la carte

Curioso para saber o que se fala a meu respeito, dei um googlada no universo blogueiro. Nossa, mudaram os tempos! Ninguém mais me chama de comunista, como já fui chamado em priscas eras. Muito menos de agente do DOPS, do SNI ou da CIA, epítetos aos quais também já fiz jus. Houve época em que me foi pespegada a alcunha Robin Hood às avessas, o que tira de todos e não dá nada a ninguém. Um publicitário teve inclusive um achado dos bons: Savonarola às avessas, que nos condena por não pecarmos. Coisas da época da Guerra Fria. Mudam os tempos, mudam os insultos. Sou visto hoje, fundamentalmente como... ateu. Mais ainda, como ateu militante. Bom, ateu eu o sou desde meus tenros anos e não vejo isto como ofensa. Ora, definir alguém como ateu é muito pobre. Significa apenas que a pessoa nega a existência de deus. Ora, uma negação não passa de uma negação. Não serve para definição. É algo como afirmar: o Cristaldo não gosta da literatura do Machado. Isto pouco ou nada diz a meu respeito. Se alguém dissesse que sou marxista ou anarquista, positivista ou espírita, tomista ou cartesiano, estaria de fato esboçando uma definição. Ocorre que não sou nada disto.

04 dezembro 2007

Esquerda, Direita e Cristianismo

Conversar sobre política com meus irmãos cristãos, confesso, para mim tem sido um enorme desprazer há um bom tempo. Desinformação, ignorância presunçosa, desconhecimento histórico e moralismo bobo imperam, mesmo entre autoridades eclesiásticas conhecidas. O resultado desse triste quadro pode-se perceber à distância: posicionamentos mais díspares e estapafúrdios, que vão desde o ideologismo adolescente ao fisiologismo mais raso. O desdém pelo assunto, por parte de alguns pretensos espiritualóides, também me assusta.

02 dezembro 2007

Da subversão à tirania

A provável vitória de Chavez no referendo é o primeiro passo decisivo para a implantação da ditadura comunista na Venezuela e, mais tarde, em todo o continente latino-americano. Na melhor das hipóteses, uma vitória do "sim" virá apertada, dando a Chavez a falsa legitimidade de prosseguir com suas mudanças ditatoriais, já que uma derrota do "não" por uma pequena margem de votos seria apontada como a evidência de que quase a maioria da população quer a reforma.

01 dezembro 2007

O Caminho é o Federalismo - Vídeo

A concentração de poder em Brasília é um câncer que ameaça a liberdade. O modelo político atual faz com que o povo do Sudeste trabalhe para pagar a conta, enquanto os poderosos do Norte e Nordeste desfrutam dos privilégios. O caminho é a descentralização do poder. Ou seja, o caminho é o federalismo!