28 junho 2008

Por que dizer um não a responsabilidade social.

Quando li o artigo Falando Francamente de Klauber Cristofen Pires, ele citou para que não comparecesse em palestras sobre responsabilidade social, mas sempre pensei com meus botões o porquê desse conceito ser perigoso. Enviei um e-mail perguntando ao Klauber sobre a responsabilidade social e ele me deu a seguinte a resposta:

24 junho 2008

Enólogo chileno diz que canto gregoriano melhora a qualidade de seus vinhos

A Folha Online publicou , no dia 24 de maio p.p., uma notícia da agência EFE, onde conta que o chileno Aurélio Montes reproduziu, em suas adegas, cantos gregorianos para que o vinho amadurecesse em um ambiente relaxante e com isso melhorar a qualidade da bebida.

21 junho 2008

Criminalizar um medo?

Ezio Flavio Bazzo escreve, no Painel do Leitor da Folha de São Paulo (16/6/2008), que considerar a homofobia um crime é uma idiotice semântica.

Piadas Cubanas

Seleção de piadas sobre Cuba e Fidel Castro.

CNBB exportará agitação ideológica para a África do Sul

O Brasil é um país muito produtivo, todos sabem, e um dos maiores exportadores do gênero alimentício do globo. Mas a novidade agora é que nosso país passará a exportar, a exemplo de Cuba, agitação ideológica para outros países. E o mais chocante disso é que o exportador será a CNBB!

Conexão Caracas-Teerã

“A guerra de guerrilhas já é parte da história”, “a guerrilha está fora de lugar”, “e os senhores das Farc devem saber uma coisa: que se converteram em uma desculpa do império (os Estados Unidos) para ameaçar a todos nós”, disse o caudilho Hugo Chávez recentemente. “No dia em que houver paz na Colômbia acabou a desculpa do império...” ainda asseverou. Não é de estranhar esta mudança repentina na retórica do presidente venezuelano?

20 junho 2008

Falando Francamente

Querido leitor, tome alguma atitude! A filosofia da liberdade, da responsabilidade individual e da livre iniciativa não combina com a formação de um exército de militantes zumbis. Não espere dos defensores da liberdade os mesmos procedimentos da turma que combatemos! Pense simplesmente no que é certo e o que é errado, peça a ajuda de Deus, confie Nele e faça a sua parte! Com coragem, com determinação, com segurança e com certeza!

16 junho 2008

TODAS AS ÉTICAS SÃO PRIVADAS

Quando o pretencioso ministro da saúde José Gomes Temporão sustenta a invalidade dos valores cristãos no debate sobre a legalização do aborto, somente pelo fato de serem de ordem religiosa – e que, portanto, segundo o próprio, deveriam se restringir à esfera privada (aos cristãos), o efeito de sua atitude é alijar, com um desleal jogo de corpo, mais de 90% da população, com a intenção de fazer prevalecer os valores de sua particular visão de mundo, cujos seguidores, os ateus, respondem por meros 7,4%, conforme o Censo IBGE do ano 2000!

15 junho 2008

Em frente com os olhos fechados e o coração aberto

Porém, façam o teste: ignorem o que elas queiram nos falar no sentido lógico-racional e se entreguem de cabeça àquilo que vos inspira. As coisas trancorrerão segundo o prometido e as expectativas serão cumpridas assim que nos entregarmos, sem receios e de coração aberto, aos braços Daquele que lhe inspirou. A análise lógica dos acontecimentos é uma questão a posteriori, contrariando o cacoete modernizante de antes teorizar para depois fazer valer - como se a teoria estivesse necessariamente em consonância com a realidade.

14 junho 2008

Daniel Cohn-Bendit: do libertário ao autoritário

No período anterior ao referendo ocorrido na Irlanda, em razão da crescente rejeição entre os eleitores irlandeses a respeito do Tratado [imoral] de Lisboa, Daniel Cohn-Bendit (foto ao lado), famoso líder da Revolução libertária de Maio de 68 (França), cujo um dos lemas era "é proibido proibir", explicou ao jornal Le Monde que esse fenômeno do "Não" ao tratado se deve a "la folie de ce genre de référendum" (à loucura deste gênero de referendo).

Manifesto contra o "casamento" homossexual publicado nos três principais jornais dos EUA

(Publicado no The New York Times, The Los Angeles Times e The Washington Times – 5 de junho de 2008)
Na perspectiva da Guerra Cultural em curso na Nação, os americanos sentiram, em maio de 2008, toda a força de duas ações favorecedoras do movimento homossexual. O “casamento” entre pessoas do mesmo sexo está sendo agora imposto à Nação através de um fiat do governo.

Requiem ao Tratado [imoral] de Lisboa

Segundo informa o jornal francês Le Point, a Irlanda disse "Não" ao Tratado de Lisboa - camuflagem da já recusada Constituição Européia.

A paz que vem do subsolo

Se há temor de uma guerra também há o desejo de que a situação favorável do petróleo dure com os US$ 130,00 por barril. Os sauditas sabem que isto não é permanente, só não sabem por quanto tempo ficarão lucrando assim. Se a situação de tensão com o Irã parece insustentável para manter tamanha lucratividade, as tensões têm que ser urgentemente afastadas, nem que seja com uma retórica diplomática religiosa unionista.

13 junho 2008

Leprechauns e paranóicos

A Irlanda votou ontem plebiscito que decide a aprovação do Tratado de Lisboa sobre as políticas econômicas de Bruxelas, assim como o aborto e a eutanásia.
Meu ponto aqui não é o tratado em si, mas sim as análises que o vêem como uma ameaça à soberania nacional, no caso a irlandesa.

10 junho 2008

Das Obrigações Lilliputianas

Jamais o nosso país foi governado por tanta legislação infra-legal! Pronto! Isto tem de ser dito assim! Qualquer introdução acabaria com um efeito de eufemismo. Caro leitor, esta é a mais pura verdade: em nosso país já não vige a lei, mas o decreto, a portaria, a instrução normativa, o aviso. Vivemos em uma democracia roída pelos cupins, ou melhor, vivemos em uma proto-ditadura!
O leitor leigo talvez não perceba o perigo em que incorre, e o leitor iniciado no Direito está por demais empolgado com a teoria do estado e do ato administrativo para ver nesta acusação algo grave. Porém, o alicerce primeiro de uma democracia, a lei, isto é, a vontade do povo materializada por seus representantes, está virando mera rotina pró-forma, para dar a barbudos de carteirinha o direito de mandar nos cidadãos conforme suas próprias ideologias e suas ambições pessoais.

09 junho 2008

A integridade perturba

Sobre o caso memorável na história política do Rio Grande do Sul, quando o liberal, Paulo Afonso Feijó, vice-governador, revela em ato heróico a podridão intrínseca que é a máquina pública. Espero que a população se atente para o grandioso significado deste "abrir cortinas" feito pelo vice.

Amazônia, bem público vs propriedade privada

A “tragédia dos comuns”, realmente, é uma tendência verificável. Como espécie de regra que é, não precisa ocorrer em 100% dos casos. A exceção quando ocorre, só faz confirmar a própria regra.

03 junho 2008

A LUTA CONTINUA!

Acho um absurdo a Igreja se meter assim nas questões de Estado! Ainda bem que a ciência prevaleceu sobre o obscurantismo, na questão das células-tronco embrionárias. A oposição à escravidão foi contra o progresso material! Quando as luzes vieram, no renascimento, retomamos a escravidão, que nunca devia ter sido encerrada. E pra você ver como os católicos querem se meter na vida de todos, quando os bandeirantes quiseram botar os vagabundos dos índios pra trabalhar de escravos, os jesuítas não deixaram! E a pedofilia? Os gregos eram muito felizes com seus rapazotes, mas depois a Igreja, com seu moralismo, proibiu esse prazer!

02 junho 2008