16 maio 2006

Conservadorismo, Tradicionalismo e Progresso

Atualmente o que mais coopera para a incompreensão da palavra conservador é a existência de uma tendência "de amar sem restrições o presente, adorar o futuro e votar incondicionalmente o passado ao desprezo e ao ódio", como dizia Plínio Corrêa de Oliveira a respeito da Contra-Revolução. E ela - a tendência - é a tendência-pater, para muitos, do seguinte raciocínio: “o conservadorismo é inimigo do progresso”.

Um comentário:

Francisco José disse...

Edson
Muito oportuna esta citação do grande pensador e lider católico Plinio Correa de Oliveira.

Francisco José
Rio Negro, PR