02 outubro 2006

Buchanan alerta para "morte do Ocidente"

Como se não bastasse o debate sobre imigração nos EUA estar ao rubro, alimentado pelas eleições legislativas de Novembro, um livro agora publicado procura inculcar medo no público americano. Em Estados de Emergência: A Invasão e Conquista da América pelo Terceiro Mundo, Pat Buchanan diz que, "como Roma acabou, também o Ocidente está a acabar, pelas mesmas causas e, em parte, da mesma forma. O que o Danúbio e o Reno eram para Roma, o rio Grande e o Mediterrâneo são, para América e Europa, as fronteiras de uma civilização que já não está a ser defendida". Acrescenta: "As crianças nascidas em 2006 vão assistir nas suas vidas à morte do Ocidente."

Um comentário:

JulioBelmonte disse...

"Para Buchanan, as civilizações morrem por suicídio, não assassinadas, e o liberalismo é a ideologia do suicídio ocidental."

Provavelmente o jornalista do Diário de Notícias não sabe que 'liberalism' em inglês quer dizer esquerdismo e progressismo em português.