14 fevereiro 2008

Book Review: "O Imbecil Coletivo I", de Olavo de Carvalho

Há tempos planejo escrever resenhas críticas sobre minhas leituras. Para iniciar, creio que poucas escolhas seriam tão boas quanto O Imbecil Coletivo I - Atualidades Inculturais Brasileiras, do filósofo Olavo de Carvalho.

3 comentários:

Marco Aurélio Antunes disse...

A definição apresentada é tão vaga que pode abranger coisas bastante diversas. É preciso especificar o que se entende por "imbecil coletivo". Além disso, deveria haver mais explicações sobre os temas tratados no livro. Não se pode pressupor que todo leitor do artigo sabe como o autor do livro interpreta certas realidades. Quando são citados, por exemplo, o "panorama cultural brasileiro" ou o "establishment intelectual norte-americano", o artigo não deixa claras as questões que motivaram as críticas do autor.

fabaovb disse...

A definição do Olavo é bastante aberta, é verdade, mas ela é exemplificada ao longo do livro, o que auxilia a compreensão do tema de uma forma melhor do que uma forma mais especificada.

Quanto aos temas de que o livro trata, é verdade que nem sempre o leitor deve entender bem as questões envolvidas. Nem me parece que o Olavo pense assim. Mas, e daí? Por acaso só deveriam ser apresentadas questões já conhecidas? Além do mais, o "establishment intelectual norte-americano" e "panorama cultural brasileiro" são bastante exemplificados ao longo do livro, especialmente esse último, o que esclarece bastante o tema em questão.

Marco Aurélio Antunes disse...

Apontei a necessidade de mais explicações no seu artigo, não no livro do Olavo. E eu não disse que "só deveriam ser apresentadas questões já conhecidas" e sim que as desconhecidas devem ser bem explicadas. Não estou apresentando discordância em relação ao conteúdo do seu artigo. Estou apenas destacando pontos nos quais ele poderia ser aperfeiçoado. O livro é muito interessante, e seu artigo tem o mérito de divulgá-lo.