10 abril 2006

A falta que faz um líder

Dominique de Villepin deixou de lado o CPE. Sacrificou a economia francesa para agradar sindicalistas e estudantes, de olho no Elisée. A demagogia e o populismo vai custar muito caro aos franceses. E eles não querem se dar conta disso.

Um comentário:

Lúcio disse...

Acho que eles se dão conta sim, mas de uma forma esquizóide. É o que depreendi daquele estranho resultado da pesquisa sobre o que os jovens franceses queriam para seu futuro: uma parte queria ser funcionário público, outra parte queria migrar da França. (Qualquer coincidência com o Brasil é mera semelhança. :-)