08 julho 2006

God save the State

Falta-me paciência para econometria, tanto que propus ao professor fazer meu trabalho sobre um Lorde, o Keynes, simplesmente “o maior economista do século XX”, afirmativa que não ouso contrariar, se considerarmos como maior em fama, falta de apego à verdade e, é claro, em influenciar inocentes úteis, inúteis e culposos vigaristas. Uma certeza carrego: os frutos sempre têm a natureza das sementes que os geram.

Um comentário:

Anônimo disse...

O Estado é o mal supremo. Só não é para quem se beneficia dele, como os estudantes das universidades federais.